Silvio Santos é acusado de misoginia e racismo por advogada

Silvio Santos começou um dos quadros mais famosos de seu programa, o Jogo dos Pontinhos, de uma maneira diferente neste domingo (15). O apresentador leu uma carta que o chamava de machista, racista, sexista e misógino. O texto foi escrito por uma mulher, que é advogada e professora, mas que não teve o nome revelado.

Em tom de deboche, Silvio chegou a assumir o título de misógino, que é a repulsa, desprezo ou ódio contra as mulheres. “‘Essa postura de Silvio Santos é misógina’. Eu não sei o que quer dizer misógina, mas é um nome bonito. Eu sou misógino! Gostei”, comentou o apresentador.

A manifestação da advogada aconteceu por conta da penúltima edição do programa. No domingo (8), Silvio Santos criticou a apresentadora Lívia Andrade, que participa do quadro, por conta do comprimento de sua roupa. “Isso é roupa de vir ao programa?”, questionou ele. O apresentador continuou: “Você vem aqui só para me provocar. Você está me provocando com essa roupa. Olha a sua roupa aberta desse lado. Isso é roupa que se vista?”, disse Silvio, que, em seguida, ainda tocou no decote de Lívia.

Depois de escutar o conteúdo da mensagem, a apresentadora saiu em defesa de Silvio Santos. “Agora eu vou provocar mesmo, porque o corpo é meu e a roupa é minha, eu faço o que eu quiser. Nós temos direitos iguais, porque eu pego no seu peitinho e você olhou o meu. Entrei na brincadeira, e eu decido quem pega e quem não pega nos meus peitos e você, Sisi, pode pegar nos meus peitos murchos. Porque o corpo é meu, ele pode. E eu autorizo. Tá tudo bem. O corpo é meu. No dia que ele fizer algo que me incomode, eu serei a primeira a reclamar para todos saberem”, comentou Lívia.

17/09/2019

(Visited 1 times, 1 visits today)